Varizes e Alterações Hormonais. Formigamento, cansaço e sensação de peso nos membros inferiores. Esses são alguns dos sintomas típicos das varizes, uma condição vascular capaz de acometer pessoas de ambos os sexos. Entretanto, existem fatores capazes de influenciar no seu surgimento, tais como, ser Mulher e a questão dos hormônios, mais precisamente, em relação às Alterações Hormonais.

Varizes e Alterações Hormonais

A produção natural de hormônios pode necessitar de uma reposição, como nos momentos da menopausa e gestação, ou sofrer uma alteração ao ser adicionado um método para evitar a gravidez, por exemplo. Assim, há um aumento na chance de a paciente apresentar um quadro de varizes.

Isso acontece porque o estrogênio e a progesterona, hormônios femininos, são capazes de fragilizar as veias, enfraquecendo e tensionando suas paredes, o que acaba fazendo com que facilmente dilatem, podendo resultar no surgimento desse tipo de condição vascular. Enquanto isso, o sexo oposto tem como hormônio predominante a testosterona, que acaba influenciando no acometimento de outras condições médicas.

Mulheres x Homens

Além da questão hormonal, outro fator que influencia nas chances de acometimento das varizes em mulheres comparadas aos homens é a musculatura, que no segundo caso tende a ser mais desenvolvida, principalmente nos membros inferiores, local em que a condição é comumente encontrada.

E devido ao fato de a panturrilha ser considerada o nosso segundo coração, sendo responsável pelo retorno sanguíneo, o ideal é que seja exercitada com regularidade e focada no fortalecimento e no condicionamento, porque influenciam diante desse tipo de situação e melhoram a circulação de um modo geral.

No caso dos homens, as varizes tendem a surgir por questões genéticas, de obesidade, tabagismo, sedentarismo e permanência por um período prolongado na mesma posição, seja em pé, sentado ou deitado.

Fatores de Risco

Pernas Inchadas?
Agende uma Avaliação Vascular e Redefina seu Conforto.

Além de ser mulher e das alterações hormonais que podem acontecer por diversas razões, como gestação, menopausa e tratamento de reposição hormonal, por exemplo, existem outros fatores de risco que igualmente influenciam ou potencializam as chances de uma pessoa apresentar varizes, tais como:

  • Ficar na mesma posição por um tempo prolongado;
  • Gestação;
  • Idade avançada;
  • Imobilidade ou mobilidade reduzida;
  • Obesidade;
  • Predisposição genética;
  • Problemas no sistema circulatório;
  • Sedentarismo;
  • Tabagismo.

Formas de Prevenção das Varizes

Seja para prevenir ou gerenciar o quadro, existem meios eficazes e que tendem a ser recomendados pela médica especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular após a devida análise da saúde geral do paciente e com base em cada caso:

  • Acompanhar o uso de anticoncepcional oral ou conversar com o(a) médico(a) sobre a possibilidade de substituição;
  • Adotar ou manter a prática de atividade física regular na rotina;
  • Consultar-se com a especialista periodicamente;
  • Elevar as pernas, especialmente no final do dia;
  • Evitar permanecer na mesma posição por um período prolongado;
  • Fazer uso de meias de compressão se for o caso e conforme a especificação recebida;
  • Hidratar frequentemente;
  • Manter ou incluir uma dieta balanceada;
  • Parar ou não fumar;
  • Priorizar o peso conforme a orientação profissional;
  • Reduzir o uso de saltos e vestimentas apertadas;
  • Usar meias de compressão se houver recomendação médica.

Disponibilidades de Tratamento

Entre as opções, normalmente, a tendência é que sejam indicadas as minimamente invasivas, como escleroterapia e ablação por laser, porém, alguns pacientes podem necessitar de um procedimento cirúrgico.

Além disso, o uso de medicamentos e de meias de compressão igualmente pode se tornar uma realidade diante de determinados casos. Por isso, agende uma consulta para confirmar ou não o diagnóstico de Varizes, e iniciar as devidas medidas necessárias prontamente.

Mais informações sobre este assunto na Internet:
Sinta suas Pernas Leves Novamente.
Agende uma Consulta com o Especialista Vascular.