Varizes na Terceira Idade. A terceira idade é, geralmente, um período conhecido pela fragilidade física e imunológica do paciente. Por este motivo, diversos procedimentos que envolvam um longa recuperação ou aplicação de anestesia geral são evitados ao máximo para que não ocorram complicações.

Quando falamos em cirurgia de varizes, muitas pessoas acreditam que essa mesma regra se aplica a elas. Paciente com mais de 60 anos que possuem veias varicosas, muitas vezes tem que conviver com os incômodos causados pela condição por acreditarem que os tratamentos não podem ser realizados devido a idade avançada. Continue a leitura deste artigo para saber mais sobre as varizes na terceira idade e se é ou não possível operá-las.

As Varizes

Varizes é o nome dado às veias nodosas e dilatadas decorrentes da alta pressão sanguínea dentro dos vasos. Geralmente, são percebidas nos membros inferiores como coxas, tornozelos e pés e não costumam causar sintomas quando diagnosticadas nos estágios iniciais.

A condição afeta mais de 40% da população feminina e 30% da população masculina brasileira e, se não tratada corretamente, pode evoluir para estágios avançados de úlceras, feridas abertas de difícil cicatrização.

Varizes na Terceira Idade

A idade avançada é um dos principais fatores de risco para o desenvolvimento de varizes. Isso ocorre pois, com o passar dos anos, as veias que compõem o sistema vascular passam a perder sua elasticidade natural. Além disso, o sistema de válvulas, responsáveis pelo direcionamento do fluxo sanguíneo, começa a ficar enfraquecido.

Esse conjunto de ações tornam o retorno sanguíneo ao coração mais difícil, gerando um acúmulo sanguíneo nas veias que, posteriormente, apresentam deformações tortuosas. Outro fator que pode ajudar no surgimento da condição é a diminuição do tecido subcutâneo, ou seja, a gordura local, reduzindo o suporte às veias superficiais.

Sintomas

Algumas pessoas com varizes são consideradas assintomáticas, ou seja, não apresentam nenhum tipo de sintoma ou incômodo acarretados pela condição. No entanto, em outros pacientes as varizes podem causar desconforto no local da veia, além de dores, sensação de peso, queimação, latejamento e inchaço.

O Tratamento das Varizes na Terceira Idade

Pessoas mais velhas podem ter certa resistência a procurar um médico vascular para operar as varizes, uma vez que acreditam que o procedimento não poderá ser realizado devido à idade avançada.

No entanto, uma análise detalhada do caso pode dizer se haverá ou não risco elevado para o paciente caso seja realizada a cirurgia. Caso o resultado seja positivo para riscos, o médico responsável pelo caso poderá indicar outros tipos de tratamento minimamente invasivo para aliviar os sintomas causados pela condição e até mesmo causar seu desaparecimento.

Tratamentos Minimamente Invasivos para Varizes

Atualmente, com os avanços da medicina, existem diversos procedimentos para o tratamento de veias nodosas, ou seja, varizes. Cada um deles pode ser indicado por um médico vascular em diferentes casos de acordo com o histórico médico do paciente.

Algumas das opções que podem ser sugeridas são:

Além disso, a mudança de certos hábitos pode ajudar a amenizar os sintomas das varizes. Manter-se ativo após se sentar por longos períodos, praticar exercícios físicos frequentemente, perder peso, elevar as pernas e usar meias de compressão ajudam a reduzir e controlar os sintomas causados pela condição. Para mais informações, consulte seu médico vascular de confiança.

Mais Informações sobre este assunto na Internet: