Úlceras Venosas – Conheça suas Causas, Sintomas e Tratamento: As úlceras venosas das pernas são definidas como lesões abertas entre o joelho e a articulação do tornozelo que ocorrem na presença de doença venosa. Elas são a causa mais comum de úlcera nas pernas, representando a forma mais avançada de distúrbios venosos crônicos, como varizes e lipodermatosclerose.

Neste artigo, compreenda as características, sintomas e tratamento dessa complicação da insuficiência venosa.

Características das Úlceras Venosas

Uma úlcera venosa, às vezes chamada de úlcera varicosa, é uma ferida na perna que ocorre quando as veias da região não circulam adequadamente o sangue de volta ao coração. Quando o sangue apresenta um refluxo nas veias, aumenta a pressão sobre a pele, o que pode causar a formação de uma ferida aberta.

As úlceras venosas geralmente se formam nas laterais da perna, acima do tornozelo e abaixo da panturrilha. Elas demoram para cicatrizar e geralmente retornam. Sem tratamento adequado, elas podem se tornar maiores e causar problemas adicionais nas pernas.

Causas – Úlceras Venosas

As úlceras venosas da pele são causadas pela má circulação sanguínea das pernas. Alguns fatores podem aumentar o risco de surgimentos dessas úlceras na pele. Esses incluem:

  • Trombose venosa profunda, na qual um coágulo sanguíneo (trombo) se forma nas veias profundas das pernas;
  • À medida que envelhecemos, as veias perdem elasticidade e as válvulas ficam fracas, levando a úlceras venosas;
  • As mulheres desenvolvem úlceras venosas com mais frequência do que os homens;
  • Gravidez às vezes pode causar pressão nas pernas, levando assim a úlceras venosas;
  • Obesidade;
  • Fumar;
  • Falta de atividade física;
  • Trabalho que exige muitas horas de pé.

Sintomas das Úlceras Venosas

O primeiro sinal de uma úlcera venosa é a pele que fica vermelha escura ou roxa na área onde o sangue está vazando pela veia. A pele também pode ficar grossa, seca e apresentar coceira.

Sem tratamento, uma úlcera pode se formar. A úlcera pode ser dolorosa. Você também pode ter pernas inchadas e doloridas.

Se a ferida for infectada, a infecção pode causar um odor e o pus pode drenar da ferida. A área ao redor da ferida também pode ser mais sensível e vermelha.

Procure atendimento médico quando notar os sinais iniciais de uma úlcera venosa da pele, pois você poderá impedir a formação de úlcera. Se uma úlcera se formar, faça o tratamento imediatamente, porque úlceras novas e menores tendem a cicatrizar mais rapidamente do que as maiores.

Diagnóstico – Úlceras Venosas

O seu médico diagnosticará úlceras venosas da pele fazendo perguntas sobre sua saúde e observando suas pernas. Ele poderá também usar o ultra-som Doppler para descobrir o que está causando essa condição. Este teste mostra quão bem o sangue está se movendo através da perna.

Outros testes podem ser usados para verificar problemas relacionados a úlceras venosas da pele ou para verificar novamente o problema se ele não cicatrizar dentro de algumas semanas após o início do tratamento.

Tratamento – Úlceras Venosas

O primeiro passo envolve melhorar a circulação sanguínea. Para fazer isso, você pode:

  • Levantar as pernas acima do nível do seu coração o máximo de tempo possível durante o dia.
    • Por exemplo, deite-se e apoie as pernas com travesseiros;
  • Usar meias de compressão ou ataduras. Isso ajuda a impedir que o sangue se acumule nas pernas;
    Caminhar diariamente.

O tratamento para úlceras venosas também inclui o controle da alta pressão nas veias das pernas e o tratamento da úlcera.

  • Controle da Pressão nas Veias das Pernas
    • O controle do inchaço é essencial para pacientes com úlceras venosas. Envoltórios ou bandagens de compressão são frequentemente aplicados nas pernas. Uma vez que a úlcera está menor ou quase cicatrizada, podem ser recomendadas meias de compressão elástica.
  • Tratar a Úlcera
    • Remover qualquer tecido morto ao redor da ferida e aplicar um curativo especial para incentivar a cura. O curativo precisará ser trocado uma vez por semana. Às vezes, uma meia de compressão será usada por cima do curativo. As primeiras semanas com um curativo de compressão em uma úlcera geralmente são dolorosas. O seu médico receitará um analgésico apropriado. À medida que a úlcera cicatriza, a dor diminui.

Quando a Cirurgia é Necessária

Pacientes que desenvolveram feridas pouco cicatrizantes em relação às varizes necessitam de cuidados e tratamentos mais avançados. As novas opções de tratamento para varizes são minimamente invasivas, requerem anestesia mínima e são realizadas com segurança em centros de cirurgia ambulatorial ou consultórios médicos. As opções de tratamento dependem dos grupos de veias que causam sintomas e podem incluir:

  • Ablação Endovenosa;
  • Flebectomia Ambulatorial;
  • Escleroterapia.

Mudanças de Estilo de Vida

Muitos pacientes com úlceras venosas ou com risco de desenvolvê-las podem reduzir os sintomas e diminuir seu risco ao parar de fumar, aumentar o nível de exercícios e comer uma dieta saudável, com baixo teor de gordura e sódio, além de evitar ficar sentado ou em pé por longos períodos de tempo.

Após a cicatrização da úlcera, continue usando meias de compressão. Tire-as apenas quando você for tomar banho e dormir. A terapia de compressão ajuda a circular o sangue e evita a formação de outras úlceras.

Mais Fontes de Informações na Internet