Excesso de Peso Pode Causar Varizes. Você sabia que a obesidade também é um fator de risco para as doenças das pernas? Segundo uma pesquisa do Ministério da Saúde, entre os anos de 2006 e 2018, o número de obesos em território brasileiro aumentou 67,8%. Diante disso, este perfil da população tem mais chances de desenvolver varizes por causa da quantidade de volume sanguíneo na veia, prejudicando assim, a circulação.

Então quer dizer que é o sobrepeso ou a obesidade que causa as varizes? Não, isso não é verdade. Continue acompanhando este artigo para entender Como o Excesso de Peso Pode Causar Varizes.

Entendendo a Relação Entre o Excesso de Peso e as Varizes

A relação existente entre a obesidade, o sobrepeso e as varizes é que o excesso de peso contribui para que haja uma dilatação dos vasos sanguíneos. Sem contar que estas pessoas ainda contam com mais gordura entre os órgãos, proporcionando uma pressão interna sobre as veias que servem de canal para o retorno do sangue ao coração.

Quando o sangue não consegue percorrer o caminho como deveria, parte dele acaba ficando retido na veia da perna, causando assim, a dilatação e a formação das varizes. A partir do momento em que este tipo de situação acontece, damos o nome de doença venosa crônica.

Como a Obesidade Pode Causar as Varizes?

O excesso de peso é caracterizado, principalmente, por uma maior pressão na região do abdômen, o que, consequentemente, aumenta a pressão nas veias dos membros inferiores (pernas). Logo, inicia-se a formação e a progressão da doença venosa crônica.

Apesar de as varizes terem uma maior taxa de surgimento em pessoas obesas e com excesso de peso, o diagnóstico preciso delas em estágio inicial é difícil de ser feito, porque os sinais característicos não são visíveis (veias torcidas e inchadas). Tornando-se igualmente complicado na hora de realizar as avaliações e de aconselhar os tratamentos eficazes, necessitando assim, do auxílio de um exame de ultrassonografia.

Fatores de Risco Para as Varizes

Esta condição médica possui diversas variantes que influenciam no seu surgimento, dentre eles estão fatores de risco, como sexo, idade, quantidade de gestações, histórico familiar, fora o sobrepeso e a obesidade.

Além das varizes, eles também podem acarretar em outras condições médicas, como a trombose – devido a um mau bombeamento sanguíneo para o corpo e consequente formação de coágulo dentro da veia.

Cuidados a Serem Tomados

Então que medidas tomar? Pessoas que possuem predisposição genética para varizes, precisam:

  • Manter um peso equilibrado;
  • Ter uma alimentação balanceada e saudável (rica em fibras e em nutrientes variados);
  • Realizar consultas rotineiras com especialistas;
  • Praticar atividades físicas;
  • Ter boas noites de sono, para evitar um desequilíbrio do metabolismo;
  • Dentre outras práticas que possam ser solicitadas pelo seu médico ou pelo especialista da área de saúde.

Além disso, também é importante evitar algumas atitudes para não ter e para tratar das varizes, que podem ser conferidas a seguir:

  • Não fumar;
  • Evitar ficar muito tempo na mesma posição, seja ela permanecer em pé ou sentado;
  • Fazer uso de meias elásticas, especialmente durante a gestação (já que as mulheres têm mais predisposição a terem varizes).

Mas, é importante deixar claro que somente estas medidas não são suficientes para o tratamento das varizes. Por meio de uma consulta médica, o especialista irá analisar cada situação isoladamente e indicar as melhores abordagens, sejam elas medicamentosas ou não.

Se o seu for o caso do uso de remédios, é válido acrescentar que eles ajudam a melhorar a circulação sanguínea em toda extensão corporal, com o intuito de acabar com o acúmulo e, consequentemente, com as varizes.

Mais Informações sobre Excesso de Peso e as Varizes na Internet: