Diagnóstico de Varizes. Independentemente da suspeita e dos sintomas apresentados, é comum a solicitação de exames para a confirmação de um diagnóstico e diante dos quadros relacionados ao sistema vascular, igualmente conhecido como sistema circulatório, o mesmo tende a acontecer.

Diagnóstico de Varizes

No caso das varizes – em que as veias estão dilatadas e tortuosas, e visíveis na superfície da pele –, os exames são voltados para o diagnóstico e as identificações da intensidade e evolução do quadro apresentado.

Mas para isso, apesar de não ter sintomas associados, a suspeita de varizes pode envolver o aparecimento de alguns indícios iniciais, tais como, fraqueza ou danificação das válvulas das veias, sensação de perna pesada e queimação na região acometida.

Sendo assim, são realizados tanto o exame clínico quanto de imagem, como o eco-doppler, um procedimento de ultrassom responsável por verificar os fluxos e as imagens dos vasos sanguíneos da região indicada. Do mesmo modo que igualmente é analisada a existência de fatores de risco em cada paciente, porque influenciam no surgimento das varizes.

Em seguida, conforme a condição progride, a pessoa pode sentir coceira na região sem motivo aparente, formigamento, inchaço nos pés e tornozelos regularmente, dor ou pontada após se exercitar ou caminhar, manchas avermelhadas nas pernas e brilho ou pigmentação anormal na área acometida.

Além disso, é fundamental se atentar aos fatores de risco associados, que incluem idade avançada, ser mulher, ter histórico familiar, obesidade, sedentarismo, imobilidade ou mobilidade reduzida, em que fica na mesma posição por um longo período de tempo.

Não sinta Vergonha das suas Pernas!
Agende sua Consulta Vascular Hoje Mesmo.

Em seguida, o profissional analisa os resultados e juntamente com o paciente decide sobre a abordagem mais adequada para evitar as possíveis complicações, como úlceras, flebites e tromboses, por exemplo.

Solicitação de Exame

No caso das varizes, o diagnóstico inclui o tipo apresentado, que varia, principalmente, em safenas, reticulares, de aranha e primárias ou secundárias, reforçando a importância da realização do diagnóstico para que o devido tratamento seja providenciado.

Assim como indica os estágios, que são classificados em assintomático, sintomático, alterações na pele em níveis I e II, e ulceração, que é considerado o final da insuficiência venosa crônica (IVC) superficial ou profunda.

E dentre os exames que o especialista pode pedir para a confirmação ou não do diagnóstico de varizes, os principais são:

  • Eco-doppler: indicado para avaliar feridas, inchaços e dores nas pernas provocados pelas varizes, assim como o seu grau e a análise do fluxo de sangue no vasos sanguíneos;
  • Fleboscopia: para visualizar as veias nutridoras e os vasos de sangue em uma camada mais profunda da pele e que não são facilmente visíveis.

Tratamentos Disponíveis

Com a confirmação do diagnóstico, o profissional pode escolher o tratamento que melhor se enquadra nas características do quadro apresentado pelo paciente, inclusive, a laser, por radiofrequência, escleroterapia, procedimento cirúrgico, por exemplo.

Acompanhamento Médico

O momento de se consultar com um médico especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular não se limita ao diagnóstico de uma condição, porque o tratamento e o acompanhamento são fundamentais para a eficiência da melhora da qualidade de vida do paciente. Assim como está apto para identificar outras condições vasculares ou mesmo preveni-las, o que é possível com a realização de exames periódicos, mudanças no estilo de vida, entre outros cuidados recomendados.

Mais informações sobre este assunto na Internet:
Diga Adeus às suas Dores.
Reserve a sua Consulta de Hematologia.