Remoção das Veias de Aranha. As veias de aranha (telangectasias) são pequenas veias danificadas tipicamente no rosto ou nas pernas. Frequentemente, são as primeiras manifestações de doença venosa.

Elas são mais comuns em mulheres e podem aumentar com a idade. As veias de aranha se formam quando pequenas veias sob a pele se dilatam e ficam visíveis através da superfície da pele. Felizmente, os vasinhos podem ser removidos.

Continue a leitura e saiba mais sobre os procedimentos para remoção das veias da aranha.

Remoção das Veias de Aranha

Existem métodos eficazes, seguros e relativamente indolores disponíveis para reduzir os vasinhos. O tratamento mais comum para as veias de aranha envolve a injeção de uma solução em cada veia afetada, causando o colapso e desaparecimento da veia. Tratamentos a laser também estão disponíveis para a redução ou remoção de vasinhos.

Sintomas das Veias de Aranha

As veias da aranha podem ser azuis, roxas ou vermelhas. Elas formam padrões extensos de distribuições lineares, estelares ou semelhantes a árvores.

As veias da aranha podem se formar em todas as pernas, incluindo a parte interna das coxas, tornozelos e panturrilhas. Isso pode ser um sinal de que existe uma condição chamada insuficiência venosa. Normalmente, os vasinhos não são dolorosos. No entanto, é muito comum remover vasinhos por razões estéticas.

Causas das Veias de Aranha

Vários fatores causam vasinhos e os fatores de risco são semelhantes aos das varizes:

  • Genética;
  • Idade;
  • Gênero;
  • Gravidez;
  • Estilo de vida;
  • Obesidade;
  • Ferimentos.

Diagnóstico

Normalmente, o diagnóstico não é necessário, pois a maioria dos pacientes já sabe que tem vasinhos. No entanto, em alguns casos, pode ser importante primeiro identificar a complexidade do caso com o exame de ultrassom.

Isso é especialmente verdadeiro se houver varizes, se as veias estiverem doloridas ou se as pernas estiverem pesadas. Com o ultrassom, podemos determinar o melhor plano de tratamento para a remoção de vasinhos.

Escleroterapia para Remoção de Vasinhos

A escleroterapia é um tratamento seguro e minimamente invasivo para a remoção de vasinhos. As pequenas veias são injetadas com uma substância capaz de removê-las.

Pode ser necessário realizar até três sessões. Os pacientes geralmente apresentam melhora considerável após a primeira sessão. Cada sessão de escleroterapia dura aproximadamente 30 minutos.

Para realizar a escleroterapia, uma agulha muito pequena é colocada nas veias da aranha para injetar pequenas quantidades de uma solução que faz com que a veia crie um tecido cicatricial e então feche permanentemente.

Isso força o sangue a ser redirecionado pelas veias mais saudáveis. O tecido absorve a veia fechada e eventualmente desaparece.

A Escleroterapia é Dolorosa?

O procedimento às vezes pode produzir uma pequena dor, mas geralmente desaparece após alguns minutos. O tratamento com laser de vasinhos é considerado mais doloroso do que a escleroterapia.

Os Vasinhos Podem ser Removidos Permanentemente?

Os pacientes costumam perguntar se vasinhos podem ocorrer novamente. Eles podem, mas geralmente voltam de uma forma menos proeminente. A tendência de ter vasinhos é um tanto genética, como a tendência de ter sardas ou manchas senis. Para alguns pacientes, manter os vasinhos sob controle significa consultas ocasionais de “manutenção” para escleroterapia.

Outras Opções de Tratamento

Outros métodos para remover vasinhos incluem o tratamento a laser. Este tratamento funciona usando um laser para aquecer a veia da aranha, causando uma cicatriz e eventualmente a fechando.

Semelhante à escleroterapia, a luz laser faz com que a veia perca sua fonte de sangue e desapareça. Tanto o tratamento a laser quanto a escleroterapia podem ser eficazes para remover vasinhos quando usados ​​de maneira adequada.

No entanto, o tratamento a laser é menos eficaz nas veias maiores das pernas. O laser para vasinhos é mais adequado para veias menores do rosto e do tórax. O tratamento a laser está associado a mais dor do que a escleroterapia.

Referência: Mayo Clinic