Após o Tratamento de Varizes, a médica especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular reforça uma lista de cuidados, com o paciente, que são recomendados de acordo com o quadro apresentado e o tipo de intervenção escolhida. Do mesmo modo que relembra os possíveis sintomas que podem surgir, tal como, uma dor nas pernas, que é a região comumente afetada por tal condição vascular.

Entretanto, dependendo da escolha feita, a dor sentida tende a ser mínima e por pouco tempo, principalmente, quando se trata de um tratamento minimamente invasivo, como é o caso do procedimento a laser, por exemplo.

Possibilidade de Dor nas Pernas Após o Tratamento de Varizes

Após o Tratamento de Varizes é possível que o paciente apresente dor nas pernas como um processo normal de recuperação, com duração aproximada de duas a três semanas, o que não deve interferir no retorno às atividades diárias.

Nesses casos, a médica pode prescrever analgésicos e, de um modo geral, orientar sobre os cuidados a serem seguidos para que tenha a chance de ter uma pronta e agilizada recuperação, tais como:

  • Ao tomar banho, isolar a região tratada para não molhá-la pelo tempo determinado;
  • Elevar os membros inferiores enquanto repousa ou dorme, estimulando a circulação sanguínea e reduzindo inchaço e dores;
  • Evitar a piscina por duas semanas, assim como a exposição solar pelos próximos 30 dias;
  • Praticar exercícios físicos por cerca de 30 minutos, evitando grandes impactos e levantamento de peso durante 15 dias, e respeitando as orientações sobre repouso, intensidade e duração da prática;
  • Usar meias de compressão, se for o caso, conforme as recomendações, por causa de suas especificações.

Dor Como Efeito Colateral

Além da dor esperada em alguns pacientes, a do sintoma igualmente pode surgir como um dos efeitos colaterais da ablação por radiofrequência ou mesmo do tratamento a laser, aparecendo durante o procedimento ou logo em seguida, e de forma intensa e como queimação, formigamento e ardência.

Isso acontece porque a ablação endovenosa é caracterizada pela queimação provocada pelo calor e pelos danos à(s) parede(s) da(s) veia(s) comprometida(s), fazendo com que se desenvolva um tecido cicatricial, responsável por fechá-la(s), interrompendo o fluxo de sangue.

Sinta suas Pernas Leves Novamente.
Agende uma Consulta com o Especialista Vascular.

Já a cirurgia a laser trata-se de uma remoção das varizes danificadas por meio de uma pequena incisão ou punção cutânea, sendo feita tanto de modo transdérmico (através da pele para aquecer o sangue de vasinhos e microvarizes localizados em áreas superficiais da pele) quanto endovenoso (em que há inserção de uma fibra de laser no interior da veia safena, colapsando-a e fechando-a por meio do calor).

Recorrência do Quadro

Outra possibilidade envolve o risco de um novo quadro de varizes, principalmente quando o paciente apresenta fatores que contribuem para a sua recorrência. Dessa forma, a dor tende a surgir como um dos sintomas da condição, podendo aparecer acompanhada de sensação de queimação localizada, cansaço ao se movimentar, coceira, formigamento, inchaço nos membros inferiores, pontada ao caminhar e se exercitar, problemas cutâneos e coágulos sanguíneos, por exemplo.

E assim como da primeira vez, é fundamental consultar a médica especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular de sua confiança para confirmar o diagnóstico de um novo quadro de varizes, receber a orientação em relação aos cuidados e às opções de tratamento disponíveis e mais indicados para o quadro apresentado, e manter o acompanhamento periódico necessário.

Mais informações sobre este assunto na Internet:
Não sinta Vergonha das suas Pernas!
Agende sua Consulta Vascular Hoje Mesmo.