Quando você olha para suas pernas consegue identificar algum tipo de variz? Muitas pessoas podem não saber, mas o surgimento de varizes também podem acarretar no aparecimento da varicorragia.

Quando falamos em sangramento na região da perna, logo ligamos a feridas e machucados. No entanto existe uma condição onde esse sangramento se dá na parte interna do corpo, principalmente na região das pernas. Continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre a varicorragia.

A Varicorragia

A varicorragia é o nome dado a episódios onde há uma presença de sangramento interno derivado do rompimento de uma variz. Geralmente, esses quadros estão presentes em veias dilatadas nas camadas superficiais da pele, onde tendem a ser mais sensíveis do que aquelas presentes em veias profundas.

Por serem protegidas apenas uma fina camada de pele, até o menor atrito pode provocar o rompimento desse tipo de variz permitindo que ocorra o sangramento da mesma. Por isso, é recomendado que pessoas que possuam veias varicosas procurem orientação médica para saber de qual tipo de variz seu quadro se trata.

As Varizes

Varizes, ou veias varicosas, nada mais são do que o processo de dilatação de uma veia causado pelo aumento da pressão sanguínea em seu interior. Geralmente, as veias varicosas são encontradas na região das coxas, tornozelos e pés, deixando-os com uma aparência mais escura que pode originar desconfortos visuais.

Apesar de não causar problemas em seus estágios primários, com o passar do tempo o paciente pode se queixar de dores, inchaço e em casos mais graves o surgimento de úlceras venosas na região comprometida.

Principais Causas da Varicorragia

Por se desenvolverem em uma região muito sensível, as varizes superficiais podem estourar no mais leve atrito, as principais causas para o rompimento são:

  • Coçar a região;
  • Colocar uma calça, meia ou sapato apertado;
  • Bater ou esbarrar em algum objeto;
  • Não seguir nenhum tipo de tratamento, fazendo com que a dilatação aumente e a variz se rompa sozinha.

Como Tratar Varicorragia

Muitos pacientes se assustam com a aparência que a varicorragia pode ter e acabam não sabendo o que fazer na hora. Ao perceber um sangramento interno, o paciente deve buscar ajuda médica o mais rápido possível.

Antes de dirigir-se a um atendimento médico, faça a compressão do local com uma gaze ou material parecido, preferencialmente limpos e estéreis. Segure a compressa por aproximadamente 5 minutos, mantendo sempre as pernas erguidas com pelo menos 40 graus em relação ao tórax. Dê preferência por fazer essa manobra deitado no chão, caso não seja viável procure algum lugar onde terá estabilidade e nivelamento.

Uma vez que o sangue está contido, você pode sair para buscar ajuda em hospitais, clínicas ou consultórios médicos. Essa ação pode diminuir drasticamente as chances do paciente desenvolver complicações graves e até mesmo fatais.

Como Prevenir a Varicorragia

A principal forma de prevenir quadros de varicorragia é evitando o aparecimento das varizes ou tratando-as assim que surgirem. Algumas medidas que você deve tomar em relação a sua saúde vascular para não ter varizes são:

  • Ter atenção ao seu peso;
  • Manter uma rotina ativa e realizar atividades físicas com frequência;
  • Cuidar da alimentação, evitando alimentos gordurosos;
  • Não passar muito tempo em pé ou sentado sem realizar algum alongamento ou caminhada rápida;
  • Utilizar meias de compressão recomendadas pelo seu médico de confiança, caso seja necessário.

Manter uma rotina de check ups vasculares frequentes também pode ser essencial para te ajudar a prevenir essas e outras condições de saúde.

Mais Informações sobre este assunto na Internet: