Varizes e Crossfit. Dentre as variedades de atividades físicas que existem, o Crossfit é uma que tem se destacado nos últimos anos por causa do condicionamento físico proporcionado pelos movimentos associados ao uso de cargas.

Assim, a pessoa consegue ganhar massa, força, resistência, mobilidade e definição dos músculos. Mas diante de determinados diagnósticos médicos, é natural que dúvidas surjam em diversas áreas da nossa vida, inclusive em relação à possibilidade de haver um impacto considerável na realização da prática.

E neste artigo é possível conferir se Existem Contraindicações do Crossfit para quem tem Varizes.

Varizes e Crossfit

Em relação às condições vasculares, é comum que a prática de exercícios seja recomendada pelo médico especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular como parte do tratamento. Ou seja, o paciente pode ser aconselhado a incluir exercícios aeróbicos, tais como, caminhada, corrida, natação e hidroginástica.

Isso porque tendem a melhorar a circulação sanguínea, fortalecer os músculos dos membros inferiores e reduzir a pressão sobre as veias, aliviando os sintomas das varizes e auxiliando no retorno venoso. Mas somente quando são realizados de forma adequada e, de preferência, com orientação de profissionais, evitando complicações, desconforto e agravamento da condição.

Sendo assim, o recomendável é que as atividades físicas sejam praticadas regularmente, independentemente da modalidade e conforme as suas condições clínicas gerais, o que acaba auxiliando para um bom funcionamento da circulação sanguínea e a prevenção de doenças vasculares.

Recomendações para Prática de Crossfit

Pernas Inchadas?
Agende uma Avaliação Vascular e Redefina seu Conforto.

Ao praticar o crossfit ou outro tipo de atividade sem os devidos cuidados, a pessoa pode acabar sobrecarregando os vasos de sangue das pernas, aumentando as chances de desenvolver um quadro de varizes, principalmente se tiver um histórico familiar para a condição.

E assim como acontece na musculação, que também pode ser praticada por quem tem varizes, é fundamental que ao optar pelo crossfit, o levantamento de peso seja feito com cautela para não aumentar a pressão abdominal e nem impactar negativamente o retorno venoso.

Logo, é comum que profissionais recomendem a realização de mais repetições com cargas menores em associação com atividades aeróbicas. E se houver necessidade, o médico especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular pode indicar o uso de meias de compressão, que devem ser providenciadas conforme a prescrição.

Além disso, dependendo do tipo de varizes diagnosticado, podem existir limitações específicas, fazendo com que a orientação médica seja repassada ao profissional de Educação Física responsável pelo seu treino.

Acompanhamento Médico

Apesar de as atividades auxiliarem no bom funcionamento da circulação, é aconselhável fazer o acompanhamento médico de acordo com a periodicidade apontada pelo especialista que cuida do seu caso, principalmente se apresenta fatores de risco ou tem o diagnóstico de varizes.

Sem contar que é importante lembrar que as veias aparentes dos braços e das pernas não são sinônimos de varizes, que dependem da confirmação do diagnóstico por parte de um especialista, porque, ao treinar, é comum que as pessoas apresentem tal característica.

Diante disso e com uma análise geral do quadro, o profissional consegue recomendar as melhores opções de atividades físicas, orientar em relação aos movimentos, identificar se estão impactando nas veias e se existe a necessidade de realizar um tratamento associado em caso de confirmação do diagnóstico.

Mais Informações sobre este assunto na Internet:
Recupere a Saúde das suas Pernas!
Agende uma Consulta Vascular Hoje.