Vacinas contra a COVID-19 e Trombose. Nas últimas semanas, muito tem se falado sobre os efeitos colaterais de algumas vacinas. Entre os principais tópicos citados, a trombose aparece como um efeito adverso em dois tipos de imunizantes utilizados para a proteção dos brasileiros.

Por falta de informação, muitas pessoas têm recusado a aplicação de doses do imunizante Astrazeneca e Janssen. Continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre esses imunizantes e as possibilidades de se desenvolver condições como a trombose após a aplicação da vacina.

Vacinas contra a COVID-19 e Trombose

Covid-19

Há mais de um ano, o novo coronavírus tem feito milhares de vítimas ao redor do mundo. A condição conhecida por ser uma infecção respiratória aguda afeta principalmente o sistema respiratório. No entanto, a longo prazo, pode desenvolver condições graves em outras partes do organismo como cérebro, coração e outros órgãos.

Atualmente, não existe nenhuma comprovação científica de remédios que possam prevenir ou curar a infecção. As únicas formas de prevenção continuam sendo o distanciamento social, uso de máscaras de proteção, higienização frequente das mãos e agora a imunização.

Vacinas Contra a Covid-19

As vacinas contra o novo coronavírus disponíveis para a imunização dos brasileiros são:

  • Coronavac;
  • Pfizer;
  • Astrazeneca;
  • Janssen.

Os quatro tipos de vacina possuem a eficácia geral comprovada que varia entre 50, 87 e 95%. Apesar disso, podem desencadear mais efeitos adversos de grau leve ou moderado, onde os sintomas gripais podem tomar conta do indivíduo imunizado.

Vacina Contra a Covid-19 X Trombose

Assim como em outras vacinas, a imunização contra o novo coronavírus também pode causar alguns efeitos colaterais. Um dos sintomas adversos mais comentados nas últimas semanas é em relação aos riscos de desenvolvimento da trombose.

É importante ressaltar que as vacinas em si não provocam a trombose e sim aumentam as chances de seu desenvolvimento. No entanto, esse risco não é tão grande quanto aquele ao contrair a covid-19.

Existem diversos tipos de trombose que podem ter uma série de origens. Os casos associados ao imunizante Astrazeneca podem ser descritos como uma trombose mediada imunologicamente, chamada popularmente de trombocitopenia trombólica induzida por vacina. Como cada organismo reage diferentemente ao imunizante, não é possível dizer com certeza que todos os indivíduos terão maiores chances de desenvolver trombose.

Trombose

A trombose é uma condição médica considerada grave e ocorre quando coágulos se formam dentro de vasos sanguíneos, obstruindo e reduzindo o fluxo de sangue para outras regiões do corpo.

A condição pode ser categorizada de acordo com a área acometida, como:

Os principais sintomas de uma trombose podem incluir dores e inchaço nas pernas e surgimento de varizes. Por serem fatores presentes em outros distúrbios vasculares, é importante buscar ajuda médica a fim de identificar a trombose precocemente. Para saber mais informações sobre a condição ou a relação da mesma com a vacina contra o novo coronavírus consulte seu vascular de confiança.

Mais Informações sobre este assunto na Internet: