Trombose da Veia Femoral. A trombose é uma condição médica que refere-se ao surgimento de coágulos sanguíneos nas veias, geralmente localizadas na panturrilha, coxas e pélvis, que bloqueiam a passagem do sangue e ocasionam diversos problemas à saúde do paciente.

Dentre os diversos tipos de trombose, podemos citar aquele que afeta a veia femoral, localizada ao longo da parte interna das pernas logo abaixo da virilha. Continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre a trombose da veia femoral, seus sintomas e meios de tratamento.

A Trombose da Veia Femoral

Como o próprio nome já diz, esse tipo de trombose se desenvolve devido ao surgimento de um coágulo de sangue na veia femoral. Conhecida por ser uma veia superficial, ou seja, localizada mais próxima da superfície da pele, essa veia pode ser mais propensa ao desenvolvimento de trombos do que aquelas mais profundas.

Suas causas podem derivar de cirurgias, complicações de doenças e alguns casos ainda podem ser tratados como sendo sem uma causa ou evento conhecido.

Sintomas de Trombose da Veia Femoral

Os sintomas de uma trombose de veia femoral se assemelham muito a aqueles encontrados em casos de trombose venosa profunda. Algumas das queixas dos pacientes são:

  • Inchaço perceptível em todo o membro inferior;
  • Febre;
  • Sensibilidade ao longo das veias;
  • Edemas.

Além disso, em alguns casos é possível identificar um aumento de até 3 centímetros de diferença nas panturrilhas de uma perna para outra devido ao seu inchaço.

Fatores de Risco

Existem alguns fatores que podem aumentar o risco de uma pessoa desenvolver a trombose da veia femoral, sendo eles:

  • Imobilidade corporal;
  • Cirurgias ou traumas recentes na região das pernas;
  • Distúrbios de coagulação sanguínea;
  • Câncer;
  • Histórico anterior de TVP.

Diagnóstico e Tratamento

Diagnosticar uma trombose femoral é trabalho de um médico vascular através do reconhecimento dos sinais e sintomas relatados pelo paciente. Com isso, exames físicos e outros testes poderão ser solicitados para confirmar a existência desta condição. Alguns desses exames são:

  • Ultrassonografia de compressão – Exame de imagem não invasivo que pode identificar a presença de coágulos sanguíneos na veia.
  • Venografia – Exame de imagem invasivo geralmente solicitado após o resultado inconclusivo da ultrassonografia.
  • Ressonância magnética – Exame não invasivo que avalia em alta resolução a anatomia do paciente.

Após os resultados, seu médico de confiança deverá decidir junto a você as melhores opções de tratamento para o seu quadro. Quando falamos de trombose da veia femoral, o principal meio de tratamento é através da terapia com anticoagulantes, que servem para fluidificar o sangue e ajudar na prevenção da formação de coágulos.

Injeção de medicamentos anticoagulantes pode ser prescrita. Pacientes que já tenham um coágulo sanguíneo também podem precisar da ajuda de analgésicos para diminuir o desconforto na região afetada.

Viagens de longa distância devem ser realizadas com a utilização de meias de compressão, sempre mantendo a hidratação. Para saber mais sobre as formas de prevenção e checar sua saúde vascular, busque ajuda de seu médico vascular de confiança.

Mais Informações sobre este assunto na Internet: