Medicamentos anticoagulantes são um grupo de fármacos que inibem a coagulação do sangue, ajudando a prevenir coágulos sanguíneos. Estes medicamentos podem ser muito úteis em casos onde há risco aumentado de formação de coágulos, no entanto, devem ser utilizados com muita atenção e responsabilidade.

Continue a leitura e saiba quando estes medicamentos são indicados e conheça algumas orientações para um uso adequado.

Quando São Prescritos os Medicamentos Anticoagulante?

Os medicamentos anticoagulantes podem ser prescritos em várias condições quando há um risco aumentado de coágulos sanguíneos, como por exemplo:

  • Fibrilação atrial, ou batimento cardíaco irregular e rápido: A fibrilação atrial faz com que o sangue se acumule nas câmaras superiores do coração, podendo formar coágulos no sangue acumulado.
  • Substituição da válvula cardíaca: Podem formar-se coágulos na válvula cardíaca ou em suas proximidades.
    Disfunção ventricular esquerda ou cardiomiopatia: As disfunções ventriculares fazem com que o sangue se acumule nas câmaras inferiores do coração. Podem formar-se coágulos no sangue acumulado.
  • Trombose venosa profunda: Um coágulo sanguíneo se forma nas veias profundas das pernas.
  • Prevenção de Embolia pulmonar: Um coágulo se forma e viaja para os pulmões, geralmente devido a uma trombose venosa profunda.
  • Prevenção de Acidente vascular cerebral: Um acidente vascular cerebral pode ser causado por um coágulo sanguíneo no cérebro.
  • Ataque isquêmico transitório: os AITs são frequentemente sinais precoces de um futuro derrame. Assim, após sua ocorrência, pode ser prescrito um anticoagulante.
  • Há um maior risco de coágulos sanguíneos após uma cirurgia. Se uma pessoa já tem fatores de risco para uma alta coagulação sanguínea, podemos prescrever anticoagulantes após o procedimento.

Em cada uma dessas situações, e possivelmente em outras, o tratamento com medicamentos anticoagulantes é usado por um período de tempo ou durante toda a vida para evitar coágulos sanguíneos.

Como é o Tratamento com Anticoagulantes

Durante o tratamento, você tomará seu medicamento conforme as instruções do seu médico. É importante não alterar o horário da dose indicado na prescrição, para manter níveis consistentes do medicamento no sangue.

Se você perder uma dose, tome-a assim que se lembrar no mesmo dia. Se você se lembrar no dia seguinte, não tome a dose esquecida. Apenas tome a dose regular para esse dia. Se você perder mais de uma dose, ligue para a equipe médica que lhe acompanha.

A dose do medicamento pode mudar em alguns momentos, de acordo com os seus exames e sintomas. Seu médico analisará a dose do medicamento sempre que você for a uma consulta de acompanhamento.

Dúvidas Frequentes sobre o Tratamento com Anticoagulantes

Interações com Alimentos e outros Medicamentos

Medicamentos, alimentos, ervas, suplementos e álcool podem interagir com medicamentos anticoagulantes.

Evite fazer mudanças drásticas na sua dieta ao tomar esse tipo de medicamento. Isso pode representar um desafio quando você está viajando ou comendo fora, mas procure tentar manter uma dieta semelhante.

Prática de Exercícios

Discuta quaisquer mudanças no seu programa de exercícios com seu médico. Ele pode recomendar que você evite esportes de contato ou atividades com maior risco de queda e lesões.

O que Considerar ao Viajar

Converse com seu médico com antecedência, se você estiver planejando viajar. Pode ser necessário realizar um exame de sangue antes de viajar ou em algum momento da sua viagem. Considere estas medidas antes de tomar qualquer decisão:

  • Certifique-se de levar medicamento anticoagulante em quantidade suficiente para toda a viagem;
  • Mantenha o medicamento dentro da embalagem;
  • Evite colocar o medicamento em temperaturas extremas de calor ou frio;
  • Continue a tomar o medicamento no horário indicado;
  • Evite fazer mudanças drásticas em sua dieta;
  • Saiba onde você pode procurar assistência médica em caso de emergência.

Essas medidas podem ser difíceis quando você viaja, pois está fora da rotina normal. Planeje com antecedência quando viajar!

Gravidez e Amamentação

Se você planeja engravidar ou está grávida, entre em contato com seu médico imediatamente. Existem sérios riscos para o feto, especialmente durante o primeiro trimestre.

O medicamento anticoagulante não passa para o leite materno, mas busque auxílio de um profissional antes de amamentar enquanto estiver tomando o medicamento anticoagulante.

Riscos Cirúrgicos

Entre em contato com seu médico se você for fazer uma cirurgia. Informe também o seu cirurgião que você está tomando um medicamento anticoagulante. Sua equipe médica prescreverá a dose apropriada do medicamento antes, durante e após a cirurgia. Isso também deve acontecer se você estiver fazendo uma cirurgia dentária.

Ferimentos

Se você sofrer um corte que esteja sangrando, aplique pressão no corte até que o sangramento pare. Você pode fazer compressas de gaze para aplicar pressão. Isso ajudará a formar um coágulo sanguíneo. Se o sangramento não parar ou o corte for grande, procure ajuda médica imediatamente.

Se você observar um novo hematoma, aplique uma bolsa de gelo sobre ele.

Pulseira de Alerta Médico

Como há um risco aumentado de sangrar, é importante usar algum tipo de pulseira de alerta médico. Isso alertará o pessoal de emergência que você está tomando medicamento anticoagulante se estiver em uma situação de emergência.

Quando Ligar para o Médico

O principal efeito colateral observado com o medicamento anticoagulante é o sangramento, que pode ocorrer em qualquer parte do corpo, até mesmo internamente. Se você notar os sinais e sintomas a seguir, ligue imediatamente para o seu médico:

  • Tontura, dor de cabeça ou dificuldade para pensar com clareza;
  • Sangramentos nasais;
  • Tosse com sangue;
  • Náuseas ou vômitos com sangue por mais de 24 horas;
  • Inchaço, articulações dolorosas ou quentes;
  • Febre;
  • Aumento de hematomas ou sangramento;
  • Sangue na urina;
  • Fezes manchadas de sangue ou pretas;
  • Sangramento menstrual grave;
  • Sentir-se muito cansado ou fraco;
  • Sangramento das gengivas após escovar os dentes.

Ligue também se você cair ou sofrer um acidente, principalmente se bater a cabeça, mesmo que se sinta bem. Não tenha receio de entrar em contato com seu médico se tiver alguma dúvida durante o tratamento.

Referência: NHS