Doenças Associadas à Trombose. Trombose se trata de uma condição vascular em que há formação de coágulo sanguíneo no interior de uma veia, seja profunda ou superficial. Ao atingir uma veia profunda recebe o nome de trombose venosa profunda (TVP ou simplesmente trombose venosa); no segundo caso, é chamada trombose venosa superficial, flebite ou tromboflebite superficial.

Condições e Doenças Associadas à Trombose

Ao receber um diagnóstico deste e sanar as dúvidas com sua médica especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular, ainda podem surgir questionamentos com o passar do tempo, como a possibilidade de observarem condições associadas.

Diante deste quadro, existem outras doenças capazes de influenciar nas chances de desenvolver uma trombose, que até tendem a ser identificadas após a confirmação de TVP, por exemplo, mesmo que tenham surgido anteriormente, já que são providenciados, normalmente, exames para confirmação e acompanhamento médico.

Câncer

As alterações genéticas que geram alguns tipos de câncer fazem aumentar os fatores de coagulação, podendo resultar em um quadro de trombose, assim como determinados medicamentos quimioterápicos, cirurgia, terapia hormonal e tratamentos que envolvem cateteres.

Diabetes

Especialmente, quando a pessoa tem condições inflamatórias como artrite reumatoide ou precisa ser submetida a um procedimento cirúrgico, porque apresentam diferentes estágios do processo de coagulação, aumentando as probabilidades de formação de trombos.

Doença Inflamatória Intestinal

A exemplos de doença de Crohn e colite ulcerativa, quando o paciente igualmente enfrenta internações hospitalares e falta de nutrientes, os riscos de trombose são aumentados.

Doenças Crônicas

Recupere a Saúde das suas Pernas!
Agende uma Consulta Vascular Hoje.

Doenças crônicas como as cardíacas, endócrinas, gastrointestinais, hematológicas, infecciosas, respiratórias, reumatológicas e renais também são condições médicas associadas ao surgimento de trombose.

Fibrilação Atrial

Esse tipo de batimento cardíaco irregular tende a provocar formação de coágulos sanguíneos, aumentando as chances de trombose, especialmente nos primeiros seis meses após o seu surgimento.

Malignidade

Condições malignas, como de órgãos sólidos e hematológicas, estão associadas à hipercoagulabilidade

Síndrome de May-Thurner

Outra doença capaz de influenciar nas probabilidades de ter TVP é a síndrome de May-Thurner, em que a artéria ilíaca direita pressiona a veia ilíaca esquerda, bloqueando o fluxo natural e resultando em coágulos.

Síndrome do Anticorpo Antifosfolípide

Comumente ligada ao surgimento de TVP, assim como da recorrência do quadro de pacientes com trombose.

Tromboembolismo Prévio

Está associado à recorrência do quadro de TVP, em que há formação de coágulo em que o sangue se encontra em forma sólida no interior da veia, assim como uma história de EP (embolia pulmonar) igualmente é um risco aumentado para TVP recorrente.

Trombofilias Hereditárias

Normalmente, o diagnóstico de trombofilia surge após o paciente ter ciência de que tem trombose e é considerada qualquer condição de saúde capaz de aumentar as chances de alguém desenvolver coágulos sanguíneos anormais.

Diante disso, fazer acompanhamento médico com um clínico e manter os check-ups periódicos em dia são algumas medidas capazes de identificar e confirmar os devidos diagnósticos. Assim como o profissional está apto a encaminhar o paciente para uma consulta com a médica especialista em Angiologia e Cirurgia Vascular diante de uma suspeita de quadro vascular ou mesmo ao ter ciência de tais fatores para que atuem em conjunto em prol de uma melhor qualidade de vida.

Mais informações sobre este assunto na Internet:
Pernas Inchadas?
Agende uma Avaliação Vascular e Redefina seu Conforto.