Vida após Trombose. A trombose é uma condição vascular que causa preocupação principalmente em pessoas com mais idade. Muitos acreditam que após tratar a doença podem continuar com a vida normal, no entanto, pacientes que já tiveram trombose necessitam tomar alguns cuidados para evitar a recorrência da condição.

Continue a leitura deste artigo e saiba mais sobre a vida após a trombose e os cuidados que se deve ter para prevenir o reaparecimento da condição.

A Trombose

A trombose é uma condição descrita pela formação de um coágulo sanguíneo dentro de um dos vasos presentes no sistema vascular de uma pessoa. A presença desse aglomerado de células sanguíneas pode causar a obstrução das veias e artérias, assim como a redução do fluxo sanguíneo que afeta todo o organismo.

Causada por diversas condições diferentes como:

  • Aterosclerose,
  • Imobilidade,
  • Lesões nas veias,
  • Fraturas,
  • Uso de certos medicamentos,
  • Obesidade,
  • Distúrbios hereditários ou autoimunes.

A trombose pode ser percebida por meio de sinais como o inchaço, surgimento de varizes e dores isoladas em uma perna só.

Fatores de Risco

Existem alguns fatores que aumentam o risco de uma pessoa desenvolver quadros de trombose. Além de um histórico anterior da doença, outros fatores de risco para os coágulos são:

  • Ter mais de 40 anos;
  • Estar acima do peso;
  • Utilizar medicamento anticoncepcional via oral;
  • Ter hábitos de tabagismo;
  • Ter alguns tipos de câncer;
  • Sofrer com múltiplos traumas;
  • Predisposição à trombofilia.

O Diagnóstico

O diagnóstico da trombose é feito por um médico vascular com base nos sintomas descritos e em alguns exames de toque na região afetada e no ultrassom vascular. Também é possível detectar alguns coágulos por meio de exames de sangue.

Caso a condição seja confirmada, seu médico de confiança irá indicar o melhor tipo de tratamento para o seu quadro. Além disso, poderá indicar alguns cuidados que devem ser seguidos para evitar a reincidência da condição.

Vida após Trombose – Cuidados e Prevenção da Recorrência

A trombose recorrente nada mais é do que a reincidência da condição após meses ou anos do tratamento da primeira obstrução. Existem alguns cuidados que uma pessoa, principalmente se já tiver histórico de trombose, deve tomar.

Ao contrário de outras doenças, o repouso absoluto para pacientes de trombose não é recomendado, uma vez que pode contribuir para o surgimento de novos coágulos. Além disso, realizar check-ups frequentes, manter os níveis de hidratação, seguir uma dieta balanceada, praticar atividades físicas, evitar bebidas alcoólicas e uso de cigarros e não passar muito tempo na mesma posição podem ajudar a evitar novos casos de trombose.

Uso de Meias de Compressão

As meias de compressão são essenciais para melhorar a circulação sanguínea. Ao comprimir os tecidos das pernas e as paredes das veias, as meias de compressão podem ajudar o sangue presente nos membros inferiores a retornar ao coração. Elas também podem melhorar o fluxo linfático, o que pode ajudar a reduzir o inchaço dos tecidos.

As meias também podem melhorar o conforto de pessoas que não tenham uma predisposição a desenvolver coágulos sanguíneos. Por exemplo, melhorar o fluxo de sangue e linfa pode reduzir o sintoma de cansaço nas pernas. Consulte seu médico de confiança e verifique qual é o melhor nível de compressão para você.

Mais Informações sobre este assunto na Internet: