Os coágulos sanguíneos são formados pelo sangue e por seus componentes, e se desenvolvem por diversos motivos e em qualquer parte do corpo, por isso são classificados em diferentes tipos.

Uma das causas da coagulação sanguínea é proporcionar o bloqueio de feridas e cortes por meio de suas estruturas que se formam naturalmente. Logo, fazem parte do sistema de cicatrização do organismo para impedir perda de sangue quando alguém tem traumas e ferimentos mais graves.

Continue acompanhando este artigo para saber mais sobre quais são os Tipos de Coágulos Sanguíneos e qual é o mais perigoso dentre eles.

Tipos de Coágulos Sanguíneos

Primeiramente, é importante explicar que os coágulos também podem ser originados de forma excessiva e descontrolada, em lugares incomuns, o que tende a interromper o fluxo fundamental do sangue e causar sofrimento aos tecidos e órgãos.

E por terem diversas causas e atingirem diferentes regiões do corpo são classificados em:

Trombo

O trombo é um tipo de coágulo capaz de bloquear uma artéria e limitar o fluxo de sangue para um órgão mesmo sem se movimentar, causando o que chamamos de trombose.

Embolia

A embolia se trata de um coágulo – ou parte de um – que se solta da sua base e viaja para outras áreas do corpo por meio da corrente sanguínea. E é justamente esse fato que o torna mais perigoso, podendo dar origem a condição de nome embolia pulmonar, que acontece quando o coágulo sanguíneo migra para os pulmões.

Sintomas

Os sintomas variam de acordo com a localização de cada coágulo e igualmente é importante considerar se é um trombo ou uma embolia, conforme pode ser observado a seguir:

  • Abdômen: dor de estômago grave, diarreia e vômito;
  • Braços ou pernas: região vermelha ou quente, inchaço, sensibilidade e dor semelhante a uma cãibra intensa;
  • Cérebro: dor de cabeça, tontura e dificuldades para falar e ver claramente. Assim como também pode se manifestar por fraqueza no rosto, nos braços ou nas pernas;
  • Coração: dor e peso no peito, sudorese, problemas respiratórios, náusea e tontura;
  • Pulmões: tossir sangue, coração acelerado, falta de ar, sudorese, febre e dor aguda no peito.

Origem dos Coágulos Sanguíneos

Além da classificação anterior, os coágulos também são divididos de acordo com o local em que se formou primeiramente.

Coágulo Arterial

É classificado como coágulo sanguíneo arterial aquele que se forma em uma artéria, que é a responsável por transportar sangue oxigenado do coração para as demais áreas do corpo. Dessa forma, pode obstruir o fluxo sanguíneo, resultando em danos, como risco de infarto (ataque cardíaco) ou derrame (AVC isquêmico).

Coágulo Venoso

Enquanto isso, o coágulo de sangue venoso é assim chamado porque se origina, lentamente, em uma veia, que tem como função transportar o sangue da periferia para o coração/pulmão, principalmente na área das pernas, e costuma ser subdividido em:

Mas, independentemente do tipo ou da classificação de um coágulo sanguíneo, é fundamental procurar ajuda de um médico especialista em Cirurgia Vascular para que possa diagnosticar corretamente cada caso e diminuir os possíveis riscos.

Mais Informações sobre este assunto na Internet: